Arquivo mensal: maio 2011

EDUARDO LASS, DEPOIS DO SHOW, FOCO TOTAL NO PANAMERICANO JÚNIOR

Uma das mais gratas revelações do triathlon brasileiro, Eduardo Lass deu show na primeira etapa da Copa Brasil de Sprint Triathlon, realizada em Cuiabá, registrando o melhor tempo dentre todos os concorrentes, apesar de ser ainda atleta júnior. Concentrado, disciplinado e com o talento à flor da pele, a fera já foca a participação no Panamericano júnior.

Entre um treino e outro, contudo, o novo candidato a grande ídolo da modalidade num futuro bem próximo encontrou um tempinho para responder às perguntas abaixo e prometeu nos enviar sempre notícias. Então: conheça melhor o que pensa Eduardo Lass.

Como foi vencer a prova em Cuiabá?
Foi emocionante! Eu já esperava uma prova muito difícil, não só pelo nível dos adversários, mas também pela busca da vaga para o Pan.

Felizmente consegui realizar uma ótima prova. Consegui o primeiro lugar geral, fiquei muito feliz e motivado com o resultado!

Com o resultado, você obteve a vaga para o Panamericano júnior. Qual a sua expectativa para esta prova?
Essa será mais uma prova muito difícil e com um altíssimo nível, mas minha meta é conseguir a vaga para o Mundial júnior e representar o Brasil da melhor forma possível.

Sei que primeiramente tenho que conseguir a vaga, e depois passar a pensar no Mundial, porém tenho treinado para isso e espero alcançar essa meta!

O que achou da organização da prova?
A primeira etapa da Copa Brasil de 2011, foi muito bem organizada e com um bom suporte (massagista, alimentação, transporte, médicos, imprensa). De todas as provas organizadas pela CBTri, foi a melhor até agora! Espero que todas as etapas desse ano possam ser do mesmo padrão ou ainda melhor.

Qual a sua opinião sobre o apoio da CBTri aos atletas da categoria Junior?
É um apoio que até alguns anos atrás não existia, acho de extrema importância esse tipo de projeto. Pois além de incentivar os atletas, proporciona para alguns a oportunidade de realizar as competições que as vezes esses não poderiam fazer.

Quem você quer agradecer?
Agradeço imensamente ao meu patrocinador, Néo Saúde, que investe desde meus primeiros anos de triathlon. Isso é essencial para um atleta, o investimento a longo prazo. Agradeço também a nova parceria com a Escola de Natação Amaral, onde aprendi a nadar e estou até hoje. E por fim meus apoios, WooM, Faculdade Dom Bosco e Phill Young”s.

Quero aproveitar para agradecer o meu primeiro técnico, Alexandre Perdão, que além de um bom trabalho feito durante sete anos, ele sempre me ajudou muito como pessoa! Agradeço o meu novo técnico, Cristiano Solak, pelo trabalho que estamos fazendo. Já obtive uma significativa melhora nesses meses de treinamento.

Para terminar: qual a sua rotina de treinamento?
Hoje treino de segunda a sábado, sempre pela manhã, aproximadamente umas quatro horas por dia.

Foto:Henrique Araújo Fonte:www.cbtri.org.br

%d blogueiros gostam disto: