Arquivo mensal: maio 2014

Nos Estados Unidos, Eduardo Lass dá o primeiro passo para a Olimpíada de 2016

1 (1)

Eduardo Lass compete no triathlon desde os 11 anos de idade e seu principal objetivo é disputar uma Olimpíada, de preferência já em 2016, diante da torcida brasileira. De olho nesse sonho, o paranaense inicia no próximo domingo, 31 de maio, a longa caminhada rumo ao Rio de Janeiro. O primeiro passo será dado nos Estados Unidos, no Dallas PACTO Triathlon Panamerican Championship. A prova, que contará com a presença dos alguns principais atletas da modalidade, abre o ranking Olímpico para os Jogos de 2016.

“Sem dúvida vai ser uma prova muito forte. O starlist tem está com grandes nomes e por isso é de se esperar uma competição com o coração na boca o tempo todo. É muito importante conseguir fazer uma boa performance logo no início para conquistar bons e preciosos pontos no ranking”, afirma o atleta de 22 anos, beneficiado pela Lei de Incentivo ao Esporte.

Eduardo Lass começou no triathlon aos 11 anos de idade e já possui títulos importantes nas categorias de base, tais como campeão do Troféu Brasil e do Brasileiro Olímpico, além de duas medalhas de ouro e duas de prata em competições na França, em 2009, e um troféu de primeiro colocado do Challenge International Triathlon, disputado na Alemanha, também em 2009. O currículo de peso mesmo com pouca idade fez o triatleta ser considerado uma das promessas do Brasil da modalidade. Integrante da Seleção Brasileira Sub-23, o jovem tem como objetivo principal representar o Brasil já nos Jogos Olímpicos de 2016.

ITU Panamerican Cup Ixtapa 2014

Ontem, consegui alcançar a 11° colocação na prova que foi realizada na distância sprint, 750m/20km/5km. Esse tipo de prova é muito rápido! Detalhes fazem muita diferença e cada segundo é preciso!

A largada ocorreu às 11h da manhã quando o sol já era bem forte! A natação foi como eu já imaginava: água quente, algumas pancadas pra lá e pra cá e um grande grupo nadando a frente. Estava nesse primeiro grupo o tempo todo, porém da saída da água até a transição tínhamos quase 1 km de corrida. E nesse trecho, fiquei um pouco pra trás, sendo quase um dos últimos a entrar na transição para a bike. Logo quando subi na bicicleta comecei a fazer muita força para alcançar o primeiro grupo, que estava poucos metros à frente, e me manter nele! Então, em alguns minutos o primeiro e grande grupo tinha se formado!

foto 1

Durante o ciclismo o ritmo não era tão forte, afinal, não eram todos que queriam trabalhar para manter a vantagem que estávamos dos demais atletas. Por incrível que pareça, nesse ano ocorreu novamente uma queda! No mesmo lugar onde me acidentei alguns anos atrás! A sorte é que dessa vez não foi comigo, e o número de atletas envolvidos foi bem menor.No final do ciclismo, alguns mexicanos tentaram escapar do grupo e assim o ritmo ficou bem forte, pois todos procuraram neutralizar.

Com uma rápida transição para corrida, consegui sair entre os primeiros, porém o ritmo era muito forte e nessas horas o calor era mais forte ainda! Alguns atletas acabaram me passando logo no início. Foram duas voltas de corrida, da primeira pra segunda volta percebi que todos já estavam sofrendo com o calor, tentei forçar um pouco mais para buscar uma colocação melhor. Com isso, passei apenas um atleta! Fechando a prova em 11º.

foto 2

Esperava ter ido melhor, mas foi o que deu pra fazer! O importante é que consegui marcar mais alguns pontos no ranking internacional, que era um dos maiores objetivos!!

Agora é focar na próxima que ocorre já no sábado que vem em Dallas!

Um abraço a todos!

Eduardo Lass.

No México, Eduardo Lass soma pontos importantes no ranking internacional de Triathlon

ixtapa_2014-700x700

Um dos destaques da nova geração do triathlon brasileiro, Eduardo Lass encarou neste domingo (24) uma verdadeira pedreira. Competindo contra atletas profissionais da modalidade, debaixo do forte sol mexicano, o jovem de 22 anos conquistou o 11º lugar na disputa do Ixtapa PACTO Sprint Triathlon Pan American Cup, fechando a prova com o tempo de 58min05s. O resultado contribuiu para que o brasileiro somasse pontos importantes no ranking internacional.

“A largada ocorreu às 11 horas da manhã e a temperatura já estava elevada. Já na saída da água até a transição tínhamos quase um quilômetro de corrida e nesse trecho, fiquei um pouco pra trás. Durante o ciclismo o ritmo não foi tão forte e com uma rápida transição para corrida, consegui sair entre os primeiros. Porém, nessa altura da prova, o calor era mais forte ainda. Até tentei forçar um pouco mais para buscar uma colocação melhor, mas o desgaste foi muito”, comentou o atleta beneficiado pela lei de incentivo ao esporte.

Apesar do cansaço, a prova deixou o atleta fortalecido para o próximo desafio, agendado para semana que vem, 31 de maio. Nos Estados Unidos, Eduardo Lass encara o Dallas PACTO Triathlon Panamerican Championship, prova que abre o ranking Olímpico para os Jogo de 2016.

Eduardo Lass começou no triathlon aos 11 anos de idade e já possui títulos importantes nas categorias de base, tais como campeão do Troféu Brasil e do Brasileiro Olímpico, além de duas medalhas de ouro e duas de prata em competições na França, em 2009, e um troféu de primeiro colocado do Challenge International Triathlon, disputado na Alemanha, também em 2009. O currículo de peso mesmo com pouca idade fez o triatleta ser considerado uma das promessas do Brasil da modalidade. Integrante da Seleção Brasileira Sub-23, o jovem tem como objetivo principal representar o Brasil já nos Jogos Olímpicos de 2016.

%d blogueiros gostam disto: