Arquivo mensal: julho 2016

Eduardo Lass turbina desempenho no triathlon com treinamento em altitude nos Estados Unidos

lass1

Cada dia que passa, mais atletas recorrem aos treinamentos em altitude para aprimorar sua performance. Isso porque, quanto mais alto estivermos, mais o ar fica rarefeito. Para o corpo, a deficiência de oxigênio estimula a produção de eritopoetina (EPO) na medula óssea, responsável pelo aumento na produção de glóbulos vermelhos e hemoglobina, que, consequentemente, acelera os processos metabólicos do organismo. Com a capacidade de oxigenação dos músculos mais eficaz e melhorada, após o período de adaptação as novas condições atmosféricas, o desempenho físico aumenta significativamente, potencializando os resultados obtidos em treino.

Com isso em mente e já pensando nos grandes desafios do segundo semestre, o paranaense Eduardo Lass (Tradener) arrumou as malas e investiu em um intercâmbio em Boulder, nos Estados Unidos. A cidade está situada no Colocado, estado de maior altitude da América, com as famosas Montanhas Rochosas de papel de parede.

“Estou gostando muito da cidade. Além de existirem diversos lugares para treinar, principalmente o ciclismo, a cidade apresenta uma estrutura muito boa para a prática desportiva como um todo. É possível ver durante todo o dia as pessoas realizando algum tipo de atividade. Isso é uma grande motivação, assim como o belo visual das montanhas”, explica o triatleta, beneficiado pela Lei de Incentivo ao Esporte.

Segundo o paranaense, a altitude tem pesado na primeira semana de aclimatação, mas a paciência é sempre uma aliada na busca por metas ousadas. “Estamos a 1.600 metros acima do nível do mar. Nos primeiros dias certamente não será possível repetir os mesmos tempos do primeiro semestre já que o corpo ainda não está habituado. Mas o ganho tem sido gradual, já deu pra pedalar 90km chegando a 2.200m de altitude. O clima está bom e o sol batendo forte, o que ajuda ainda mais”, contou o 3º sargento da FAB.

Após o intercâmbio, Eduardo Lass pretende disputar duas etapas da Copa do Mundo, circuito mais forte da ITU (União Internacional de Triathlon), uma em Montreal, no dia 7 de agosto, e outra em Salinas, no Equador, no dia 25 de setembro.

Eduardo Lass começou no triatlo aos 11 anos de idade e mesmo novo acumulou títulos importantes nas categorias de base, como os de campeão do Troféu Brasil e do Brasileiro Olímpico, além de duas medalhas de ouro e duas de prata em competições na França. Integrante da Seleção Brasileira de Triathlon por 4 anos consecutivos, está disputando os principais eventos nacionais e internacionais buscando uma boa colocação no ranking mundial. O ano de 2015 foi um dos melhores da carreira do curitibano e entre os principais resultados estão a medalha de prata no triatlo masculino por equipes dos Jogos Mundiais Militares e o bronze na Copa Continental de Triathlon no Equador. O atleta de 24 anos é patrocinado pela Tradener Comercialização de Energia.

%d blogueiros gostam disto: